PROVAS DE EXISTÊCIA EXTRATERRESTRE ATRAVÉS DA BÍBLIA

 

 

Aqui caro leitor eu o coloco directamente a par de alguns versículos e capítulos na bíblia, onde constam provas incontestáveis de que deus não é um ser imaterial e sem forma, conforme ainda muita gente acredita, bem como também é possível encontrar provas de que nós fomos criados por seres humanos que vieram de um outro planeta.

Então de seguida passo a citar os pontos bíblicos onde pode encontrar a real verdade que foi escondida ao longo de muito tempo.

 Peço que se faça acompanhar por uma bíblia e que vá lendo o que consta em cada uma das partes que eu menciono; aqui eu explico o que se encontra escrito nas chamadas “sagradas escrituras”.

Comecemos então pelo principio:

 

Peço então que leia em: génesis, capítulo 1; versículo 26

 

(após ler)

Como pode constar, ali encontramos escrito: façamos o homem à nossa imagem e consoante a nossa semelhança.

Bem, se pensar-mos um pouco, aqui trata-se de mais do que um ser a falar, pois que, se quem nos criou fosse apenas um, estaria escrito: farei o homem à minha imagem e consoante a minha semelhança; não lhe parece?

 

Um pouco mais à frente em Génesis cap. 3, vers. 24, consta que deus usou uma espada inflamada e colocou querubins a guardar a árvore da vida.

Ora se deus fosse conforme muitos acreditam que seja, para que usaria ele artefactos para guardar fosse o que fosse?

No meu ver esse todo poderoso que apregoam, se fosse como dizem que ele é, penso eu que bastar-lhe-ia fazer desaparecer e reaparecer o que quer que fosse, sem que precisasse de sequer colocar alguém a guardar o que quer que fosse .

Ora, para além de verificarmos que as coisas não são bem como se imagina, encontramos aqui um sinal de que querubins são militares como os nossos soldados, dado que foram colocados a vigiar aquele lugar.

Um pouco mais à frente encontramos algo que prova que Jesus não foi o primeiro filho de deus a caminhar pela terra, pois que muitos anos antes de Jesus sequer ser pensado ou planeado ou profetizado que algum dia viesse a aparecer, já os nossos CRIADORES haviam tido filhos com mulheres da terra; e ali consta bem que não foi através do espirito santo como dizem ter sido a forma como Maria engravidou.

Estas provas encontram-se em Génesis cap. 6, vers. 1 a 5.

Ali consta de forma bem evidente conforme tem oportunidade de ler com os seus próprios olhos, que quando os filhos de deus entraram às filhas dos homens e delas tiveram filhos, e aqueles eram os varões de fama.

Ali está a prova de que o que digo é a verdade dita através dos livros que os religiosos apregoam, ou seja; não há gravidez através de espírito santo.

 

Mais à frente encontramos mencionado sobre a destruição de Sodoma em Génesis cap.19. E mais uma vez nós nos apercebemos de o quanto os anjos são físicos.

Conforme pode ler com os seus próprios olhos no versículo 3, Lot fez bolos e cozeu pães e ELES comeram, e anteriormente Lot havia-lhes pedido que lavassem os pés quando os convidou a entrar em sua casa e nela passarem a noite. Se por um acaso os Anjos também fossem imateriais, para que LHES pediria Lot que lavassem os SEUS pés e que comessem em sua casa na companhia dele e de sua família? Não acha que è uma boa pergunta?

 

Mais à frente em Êxodo cap.3, encontramos descrita a forma como deus apareceu a Moisés. Na verdade Moisés estava perante um engenho parecido com um foguetão, e este mesmo engenho encontrava-se fortemente iluminado, e por isso ele pensava que a sarça ardia sem que se danificasse.

Para que não restem duvidas ao caro leitor de que aquilo era um engenho voador parecido com um foguetão, mais à frente em Êxodo 19, está descrita a forma como nossos CRIADORES apareceram mais uma vez a Moisés, e ali consta que quando deus desceu numa coluna de nuvem, o monte tremia grandemente e o fumo dessa coluna de nuvem subia como o fumo de uma fornalha.

Em Êxodo cap. 33 ; vers. 9, consta mais uma vez uma outra menção em que deus fala a Moisés através de uma coluna de nuvem. Penso que com esta descrição patente na própria bíblia neste mesmo capítulo, não restarão margens para dúvidas de que se trata de homens como nós que nos criaram e não um deus que alguém inventou consoante suas conveniências.

 

Um pouco antes em Êxodo cap.14 ; vers. 19 e 20, encontra-se ali mencionado que uma nuvem se colocou na retaguarda do povo judeu que caminhava pelo deserto fugindo do exército de Ramsés, e esclarecia a noite ao povo judeu e escurecia mais ainda a noite ao exercito egípcio. Ora, pela descrição pode-se concluir que um engenho voador ou “ovni” se colocou a ajudar o povo a que caminhasse permitindo que tivessem visibilidade através de iluminação de faróis como os que os nossos actuais helicópteros possuem. Se acaso se tratasse de um deus como muitos julgam, penso que seria mais normal que colocasse o sol a iluminar a uns e o nevoeiro a dificultar ainda mais a visibilidade a outros.

 

Em Juizes 6 ; 21, encontra-se mais uma vez presente o facto de os anjos consumirem alimentos.

Comprove com sua bíblia consoante o que nela consta.

 

Em II reis 2 ; 11, constata-se de que Elias foi elevado ao céu por aquilo que conhece como “ovni”, dado que a descrição ali patente menciona um carro de fogo com cavalos de fogo.

Ora isto é a descrição de uma nave iluminada (a que eles atribuíam como sendo um carro de fogo) e de seus reactores (que eles atribuíam como sendo cavalos de fogo). Este mesmo aparelho tinha forma redonda, e isso é fácil de deduzir dado que este versículo termina dizendo que Elias subiu ao céu num redemoinho, conforme pode e deve verificar em sua bíblia.

 

Em II reis 4 ; 32 a 37, constatamos que muito antes de Jesus ressuscitar Lázaro; Eliseu ressuscitou um menino, ou melhor, OS CRIADORES o ressuscitaram em oculto e à distância.

          

Muitos ou todos pensam que era preciso estes profetas e enviados tocarem nas pessoas para que se realizassem os ditos “milagres”, mas a verdade é que não é necessário isso, e a prova disso mesmo está em II reis 5; 8 a 10; ali mesmo consta que Eliseu mandou que dissessem a Naamã que se lavasse sete vezes no rio Jordão, pois que dessa forma certamente ficaria livre da lepra que o atormentava; e com efeito no versículo 14 deste mesmo capítulo consta que Naamã ao fazer o que lhe havia sido dito, logo ficou curado, e isto sem que fosse preciso que Eliseu lhe tocasse.

           Esta é a prova de que não é preciso tocar para que acontecesse um milagre de cura, porque na verdade sempre foram nossos PAIS e CRIADORES que efectuaram esses mesmos “milagres” que não mais são que maravilhosos prodígios da ciência. Com Jesus isso também se verificou por exemplo, quando Ele disse ao centurião que seu empregado estaria curado quando ele chegasse a casa, conforme terá mesmo acontecido.

 

Muitas vezes a nossa ganância nos leva a aproveitar certas ocasiões. Em II reis 5; 15 a 27, consta como podemos darmo-nos mal com isso, pois que Geazi, tentou puxar para si o que Eliseu havia recusado, e por isso mesmo e por o querer esconder, foi instituída a lepra que havia sido retirada de Naamã, e isto sem que fosse preciso tocar-lhe.

 

Em Isaías 13; 4 e 5, encontramos a prova de que o “Senhor” vem de uma terra distante desde a extremidade do céu; ou seja, conforme se sabe, desde há muito que somos visitados por extraterrestres, e Eles vêm de outros planetas, portanto de uma terra ou vários planetas de longe da extremidade do nosso céu.

Neste versículo, fala que o senhor vem dessa terra de longe da extremidade do céu; logo, QUEM nos criou, é por assim dizer “extraterrestre”

 

Em Isaías 14 ; 13 a 17, encontramos a menção de que o homem subiria acima das estrelas e acima das nuvens e que seria o homem semelhante a deus. Esta é uma prova de que há muito que o homem possui meios para voar (existem sites que divulgam descobertas de aviões que provam o avanço que havia há alguns milhares de anos, veja em provas arqueológicas)

 

Eu sei caro leitor que isto pode ser um pouco confuso para si, mas vamos ver as coisas pelo seguinte modo:

 

Imagine que hoje acontecia uma catástrofe a nível mundial que provocava o extermínio da humanidade, à excepção de uma ou duas aldeias ou vilas do nosso país; o que aconteceria é que perder-se-ia toda a ciência e todos os cientistas. Nós nem sequer saberíamos fabricar uma bicicleta em condições, quanto mais um carro ou um avião; no entanto por termos conhecimento desses mesmos prodígios da ciência nós deixaríamos registado e falaríamos a nossos filhos desses mesmos feitos por nós presenciados. Com a ausência de ciência, as gerações que fossem vindo perderiam até o conhecimento dela, pois que apenas se acredita e se sabe das coisas que temos e com que vivemos, tudo o resto são histórias e contos da carochinha. Então os anos passariam e novamente se faria o primeiro carro, avião, telefone etc... seria novamente um avanço gradual. Um dia mais tarde seriam desenterrados os engenhos que haviam sido suterrados, e os nossos tataranetos aperceber-se-iam de que já existia ciência muito antes do seu primeiro avião ou telefone ou o que quer que fosse. O mesmo acontece agora, muito em breve o mundo tomará conhecimento do espantoso avanço cientifico de há quatro mil ou mais anos atrás, e finalmente se aperceberão do quanto era superior em relação ao que conhecemos hoje. No entanto posso adiantar que muito já foi descoberto, mas não foi revelado devido a interesses e medos que estas entidades que nos regem têm, pois que temem a reacção do povo. Um dia se aperceberão também que, conforme podemos ir de um planeta para o outro, já há muitos milhões de anos que outras civilizações extraterrestres bastante avançadas o faziam. É tudo uma questão de tempo para se habituar á realidade dos factos.

 

Tudo o que AQUELES que nos criaram pretendem é que nós evoluamos no sentido da criação, respeito e união entre nós e para com ELES.

Como Isso não se regista, a humanidade vai sofrendo as consequências dessa estúpida desobediência, que para além de os desiludir a ELES, apenas nos prejudica a nós e a nossos filhos e restantes gerações.

Não sei se já se apercebeu, mas quanto mais poluímos hoje, pior estarão os nossos filhos amanhã, se permitirmos que a política nos oprima e escravize, mais escravizarão os nossos filhos e mais ainda nossos netos. É isto que você quer?

 

Em Isaías 14 ; 21, consta: preparai a matança para os filhos por causa da maldade dos pais...

 

Muitos foram os casos em que nossos CRIADORES castigaram a humanidade exterminando-a quase por completo.

Na verdade actualmente nos tempos que correm, não é nem preciso que ELES se incomodem com isso, porque nós castigamo-nos a nós mesmos sempre que deixamos que as coisas assim continuem . Não só nos castigamos a nós mesmos como sentenciamos os nossos filhos a que tenham um destino igual àquele porque passamos actualmente

 

Mas conforme consta em Isaías 26 ; 20 e 21 ; a terra não mais encobrirá aqueles que foram mortos.

 

Antes que isso venha a acontecer a terra vai revelando os segredos da existência de ciência;  muitos são já conhecidos e outros ainda por conhecer.

 

Por enquanto muitos são ainda os que me chamam louco ou lunático, ou o que quer que seja. E de uma forma ou de outra, vão contendendo com AQUELES que nos criaram.

Mas advirto para o que consta em Isaías 45 ; 9 e 10:

 

ai daquele que contenda com o seu criador...

 

Por enquanto está tudo bem, porque ELES controlam-se até ao tempo do julgamento, isto para que todos tenham hipótese de compreender e se arrepender de tanta estupidez e ignorância por insistirem em não querer ver a verdade.

Por isso mesmo consta em Isaías 48; 9 a 11: por amor de meu nome retardarei a minha ira, e por amor do meu louvor me conterei para contigo para que te não venha a cortar.

 

Tudo isto porque conforme consta em Jeremias 10; 14: todo o homem embruteceu por falta de ciência.

 

Mas a ciência é um facto incontestável nos nossos dias, pois que diariamente convivemos com ela e cada vez mais dela dependemos, por isso é hora de começar a sentir e compreender a diferença entre o real e o místico.

 

E a prova mais que incontestável de que QUEM nos criou foram “Extraterrestres”, encontra-se descrita nas aparições descritas por Ezequiel. Pois que nesta passagem que se encontra em Ezequiel 1 ; 1 a 28 , estão bem patentes os indícios de tecnologia e dispositivos voadores que ali se encontram mencionados (ainda que de forma oculta), em destaque no versículo 24, temos ali descrito o ruído das asas dos anjos que ele registou e muito bem, que era semelhante ao ruído de muitas águas (para isso basta comparar o ruído de uma cascata, com o ruído dos reactores de um avião a jacto ),como seria possível há cerca de três mil anos dar uma descrição destas, tendo em conta que Ezequiel desconhecia os prodígios da ciência por ser um “primata”.

Isto sem esquecer que aqui temos a prova da existência dos nossos CRIADORES conforme ELES realmente são. Para Ezequiel não passariam de deuses pois que ele desconhecia a ciência, mas para nós hoje em dia é notório que se trata de seres humanos semelhantes a nós que visitavam as populações de então e se apregoavam como sendo o “senhor”, para assim terem o nosso respeito, ou seja, o respeito daqueles que ELES mesmos criaram.

A verdade está à sua frente, querer vê-la ou não, isso já é consigo.

Mais à frente em Ezequiel 8 ; 1 a 3, encontra-se registado que o espírito o tinha levantado entre o céu e a terra; na verdade ele foi elevado por um “ovni”, que o transportou abaixo das nuvens e claro está, acima da terra. Para isso terá sido utilizado um raio antigravitacional, por isso ele menciona que lhe pegaram pelos cabelos, pois que eleva-se sempre primeiro a parte mais leve do corpo (neste caso, os cabelos).

Um pouco mais à frente em Ezequiel 37 ; 1 a 10, temos descrita a forma como foi dada vida a uma pilha de ossos. No versículo sete, encontra-se registado que enquanto Ezequiel profetizava, um ruído se fez ouvir, esse mesmo ruído foi o ruído de uma máquina que nossos CRIADORES têm e que lhes permite criar ou recriar qualquer forma de vida que ELES queiram.

Isto para si pode parecer impossível, mas para o primeiro rei de Portugal D.Afonso Henriques também seria impossível comunicar com alguém numa terra vizinha sem enviar um mensageiro, como reagiria ele se lhe disséssemos que um dia com uma pequena caixinha (telefone) poderia comunicar para qualquer parte do mundo; certamente que mandaria matar ou prender nas masmorras de seu castelo quem afirmasse tal coisa, pois que isso ia para além dos seus conhecimentos, por isso enterpretaria como um acto de gozo para com a sua pessoa.

 

Em Daniel 3 ; 25, consta mais uma menção aos filhos de deus. Como deve reparar é a mesma forma como tratam os CRIADORES, e a explicação para este facto é muito simples; naqueles tempos como eles desconheciam as máquinas voadoras, e então um engenho voador para eles era tido como um deus, e os tripulantes desse mesmo engenho quando do interior dele saíam, nada mais era para eles senão os filhos do deus que voava que saíam de seu interior (ou na ideia deles, de seu ventre). Ainda hoje em dia existem tribos de índios que adoram máquinas voadoras como que de deuses se tratem; mesmo os totens que muitas tribos construíam eram com muitas cabeças umas em cima de outras devido à semelhança com foguetões e às várias janelas que eles possuíam na sua extensão vertical em que se encontravam quando aterravam.

Continuando a falar sobre a passagem atrás mencionada: Naquele forno, os três sábios que Nabucodonossor ali mandou que fossem lançados, estavam acompanhados por um “filho dos deuses”. Nossos CRIADORES são seres humanos com uma estatura média de 1,20m, por isso o rei reconheceu o ser que havia visto, pois que era semelhante aos seres que saíam do interior dos engenhos voadores que para eles eram deuses.

Em Daniel 10 ; 6, encontramos a descrição do Arcanjo Miguel, e a descrição dá bem a saber que os anjos não são bem como se julga. A sublinhar há o tom de sua voz que se encontra descrito como semelhante ao rumor de uma multidão, a voz deste mesmo anjo encontra-se também descrita em Apocalipse 10 ; 3, e ali é descrita como um timbre de voz semelhante a quando brame um leão, e que quando clamou ouviu-se a voz de sete trovões.

Esta mesma voz pode ser ouvida através de mim, não só quando o Arcanjo Miguel fala através de mim como através de meu próprio uso pessoal sendo que também a possuo por ser eu mesmo uma mistura de essências de ADN de várias personalidades, e a do Arcanjo Miguel é por este motivo bastante notória.

 

Em Zacarias 5 ; 1 a 4, encontramos a menção a um rolo voante; este mesmo rolo trata-se de uma nave em forma de charuto.

De seguida Ainda no mesmo capitulo 5, mas do versículo 5 até ao 11, encontramos a menção sobre uma mulher que se encontra sentada no centro de um efa, ora como deve ser do seu conhecimento as pessoas que estudam o fenómeno extraterrestre são ufólogos porque estudam avistamentos de ufos (mais conhecidos por ovnis).Por aqui caro leitor pode verificar o quanto a bíblia e os extraterrestres estão ligados e o quanto fazem parte um do outro.

Em Zacarias 6 ; 1 a 3, fala sobre uns carros que saíam de entre dois montes de metal; estes mesmos montes de metal tratavam-se também de efas ou “ovnis” ( consoante prefira).

A forma como nossos CRIADORES apareciam aos profetas era de forma teatralizada, pois que assim convinha para que ELES fossem adorados como deuses para assim adquirirem o respeito e admiração da humanidade.

 

Em S.Mateus há muitas provas que se poderiam aqui colocar, mas muitas dessas mesmas provas eu aconselho a que as analise no “livro dos livros”, pois que não são de ordem clara na descrição pela qual se encontram representadas na bíblia.

Assim sendo vou apenas mencionar aqui uma que possui uma descrição clara que prova que a existência de “extraterrestres” é um facto e não uma hipótese .

 

           Em S.Mateus 17 ; 5, consta que estando Jesus a falar, uma nuvem luminosa os cobriu; como é obvio essa mesma nuvem era um efa ou “ovni”. A descrição embora simples, é bastante clara.

          

E por aqui é só.

Para melhor compreender a história da nossa criação e se aperceber que sempre estivemos ligados à questão extraterrestre, aconselho mais uma vez a que leia “o livro dos livros”.

Este mesmo livro pode ser imprimido gratuitamente se assim o desejar.

Estas pequenas provas bíblicas são um começo para que se comece a aperceber do quanto a humanidade se tem afastado da real verdade.

 

Antes de me despedir alerto que não é de minha intenção que ninguém acredite em mim.

Antes de acreditar em mim ou em quem quer que seja, ou até no que quer seja, peço-lhe que acredite na realidade do que poderia ser a nossa vida neste planeta se tudo fosse por nós feito de forma a tornar-mos o mundo numa casa comum em que todos fossemos uma só família e de uma vez por todas deixássemos de ser um conjunto de famílias que se odeiam.

 

Para construir um modo de vida em que não mais haja desemprego, fome, pobreza, doenças, guerras, injustiças, ou que quer que seja de negativo, penso que é indiferente aquilo em que se acredita ou em quem se acredita;

          

Se todos se juntassem para honrar aos CRIADORES independentemente de sua crenças ou regências;

católicos, evangélicos, mormons, manás, jeovás, muçulmanos, ateus, judeus, budistas, etc...; e começassem a viver segundo as leis que foram transmitidas e confiadas a Moisés, e a agir conforme Jesus ensinou, certamente que QUEM nos criou viria oficialmente para se instalar entre nós, e assim transmitiria por SI mesmo a realidade de tudo, e por certo apenas uma religião permaneceria:

                      a religião da real união humana.

Se construirmos um modo de vida entre nós digno de receber AQUELES que nos criaram, certamente que ELES virão a instalar-se entre nós; se não o fizermos, então ELES o farão em breve, mas poucos serão os que habitarão nesse mundo se tiverem de ser ELES a fazê-lo.

 

Quando um atleta inicia uma corrida, ele sabe que para obter alguma qualificação, ele terá de cortar a meta pelo seu próprio pé; mesmo que chegue em ultimo ele será classificado, mas se escolher ficar sentado à espera que lhe dêem boleia, certamente será desclassificado.

 

Eu gostaria que a humanidade cortasse esta meta de mãos dadas, e QUEM nos criou certamente que não se importaria de declarar esta vitória colectiva como a mais bem sucedida, em que a medalha seria não para um, mas de todos.

Você não imagina há quanto tempo ELES esperam dar esta “medalha”.

 

Se vos conduzirdes segundo os meus estatutos, se guardarem os meus mandamentos e os praticardes, então vos darei as chuvas no seu devido tempo, e aterra dará os seus produtos......

Estabelecerei minha habitação no meio de vós e não vos rejeitarei jamais.   .....  ( Levítico 26 ; 1 a 13 )

 

Mas se não ouvirdes e não praticardes todos estes mandamentos, e rejeitardes os meus estatutos, desprezardes as minhas normas, e quebrardes a minha aliança, deixando de praticar todos os meus mandamentos, então farei o mesmo contra vós.

Porei sobre vós o terror, o definhamento e a febre que consomem os olhos e esgotam a vida.

... Eu mesmo desbastarei a terra e se espantarão os vossos inimigos que a vierem habitar.

... é também por causa das iniquidades dos seus pais acrescidas às deles, que virão a perecer.   ( Levítico 26 ; 14 a 46 )

 

Tudo o que nos é pedido é que vivamos segundo leis que visam a implantar a paz entre os homens, a fartura material, e ao seguir estas leis estamos a honrar QUEM nos criou.

 

O que temos nós a perder?

 

Se não acredita em mim, então pelo menos acredite na realidade que este mundo poderia ser e não é.

 

Basta uma atitude e determinação. Pense nisso.

 

                           Paulo Santos

 Home page